4 dicas para plantar orquídea

4 dicas para plantar orquídea, como plantar orquídea,  essa é uma pergunta que os amantes de orquídeas fazem muitas vezes, temos vistos experiencias feitas e compartilhadas na internet mostrando várias formas de como plantar orquídea, temos muitas informações que são divergentes.

Sabemos que a maioria de nossas orquídeas são epífitas, isso quer dizer que crescem presas às árvores, sem, contudo prejudicar ou roubar delas quaisquer nutrientes. As orquídeas usam suas raízes apenas para fixar a planta no caule das árvores.

4 dicas para plantar orquídea

Independente de ser plantada em árvores vivas, em cascas de árvore, ou ainda em vasos, a orquídea deverá estar com suas raízes aparadas, principalmente as raízes da parte traseira. Os vasos devem ser proporcionais ao tamanho da planta. Uma maneira bem prática para estabelecer o tamanho do vaso é colocando a traseira da planta encostada na borda interna. Deixa-se sobrando dois dedos da outra borda.

confira agora as 4 dicas para plantar orquídea

Como plantar orquídea em  Vaso :
 O vaso tem que permitir a ventilação das raízes para isso ele deve ter furos no fundo e nas laterais, pode ser de vários materiais, plástico, madeira e barro são os mais usados.
Para melhorar a drenagem,  coloque no fundo do vaso um pouco brita lavada, pedra, pedaços de tijolos ou caco de telha .
 Os vasos devem ser proporcionais ao tamanho da planta. Uma maneira bem prática para estabelecer o tamanho do vaso é colocando a traseira da planta encostada na borda interna, deixe sobrando dois dedos da outra borda.
Como substrato use a casca de pinheiro, que é um material renovado. Fibra de coco também pode ser utilizado. Não usar Xaxim, além de proibido por lei esta correndo risco de extinção.

Se for necessário, coloca-se um tutor de madeira ou bambu para manter a orquídea ereta. Esta deve ficar em lugar sombreado e arejado, diminuindo-se as regas.

Como plantar orquídeas na árvore

Outra maneira de se plantar uma orquídea é na árvore, esta forma de plantar as orquídeas é a mais parecida com o seu habitat natural. As árvores ideais para este tipo de cultivo são aquelas que perdem as folhas durante o inverno, favorecendo a luminosidade da planta, justamente quando o sol é mais brando. Já no verão, as árvores ficam enfolhadas e protegem as orquídeas de queimaduras. Basta apenas amarrar a orquídea no tronco com um pedaço de arame de cobre ou um barbante. Este tipo de cultivo não requer transplante nem rega, ou envolva a muda na fibra de coco e amarre com um cordão, isso protege a muda e mantém a umidade necessária até o orquídea enraizar.

Como plantar orquídeas na casca de árvores

Com uma pequena broca, faz-se dois furos na casca. Pega-se a orquídea que se deseja plantar e faz-se uma boa limpeza em suas raízes e folhas. Depois disso, coloca-se um pouco de esfagnum molhado sob as raízes e faz-se a amarração da orquídea, com barbante ou um arame, utilizando-se os furos feitos na casca, você pode também, instalar elas em placas de xaxim.

Em que substrato plantar as orquídeas 
Apesar de parecerem, as orquídeas não são exigentes em substrato. Eles devem conter boa aeração, boa drenagem, fornecer nutrientes, manter a umidade e garantir a sustentação da planta, semelhante ao que ela encontra em seu habitat natural.

       Principais substratos e mais utilizados
  • Fibra de coco – É um excelente material e muito barato. Ajuda na fixação da planta, fornece alguns nutrientes, permite boa aeração. Mas absorve pouca água, aumentando a freqüência das regas necessárias. Antes do uso, deixe de molho por 1 dia na água.
  • Casca de pinus – Material relativamente barato, com características muito boas. Permite boa aeração e ajuda na fixação da planta devido à sua rugosidade, também fornecendo alguns nutrientes. Também seca muito rápido, exigindo regas mais freqüentes.
  • Esfagno – É obtido de musgos importados, sendo um material caro. Sua principal característica é a grande retenção de água, podendo-se reduzir o número de regas. Também fornece grande quantidade de nutrientes.
  • Carvão – É o carvão de churrasco, extremamente barato. Sua principal função é a de reter a umidade e garantir boa aeração, leve bem ele antes de usar, mas não use muito ele pode tirar nutrientes de sua planta. o bom é misturar ele com outro substrato.
  • Pedra britada ou argila expandida – São muito baratos e servem tanto para drenagem (no fundo dos vasos) como em mistura no substrato.
  • Xaxim – Seu uso é hoje proibido, pois era extraído de uma samambaia em extinção da mata nativa brasileira. Era considerado o melhor substrato, com todas as boas características e bom fornecimento de nutrientes.

Faça sua mistura. Podemos juntar as boas características utilizando misturas dos materiais. Na realidade, as orquídeas são tão rústicas, que podemos plantá-las até mesmo sem qualquer substrato, bastando adubá-las e regá-las com freqüência.

Uma dica: Se quiser tentar suas próprias misturas, tente a mistura de casca de pinus com fibra-de-coco, que tem dado bons resultados em diversos cultivos, tem também a casaca de macadâmia que é muito utilizada.

Espero que tenha gostado das 4 dicas para plantar orquídea

4 dicas para plantar orquídea
4.9 (97.5%) 8 votes
One Comment

Deixe seu comentário